quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Vamos ajudar a limpar a PM dos maus policiais - Veja as dicas


Não será novidade se a Corregedoria da PM também for corrupta, mas não custa fazermos a nossa parte. 

“Por mais certo que esteja o sujeito ninguém gosta de ser abordado pela polícia, instado a se identificar e provar que é trabalhador e não tem qualquer conexão com o crime ou a prática de infração de trânsito. É da natureza do ser humano não querer ser alvo do controle e da suspeição de ninguém. Mas agora, com o novo comando da Polícia Militar do Rio, chegou a vez de os próprios policiais ficarem no lugar de quem é vigiado. Vão passar de caçadores a caça. Vai ser PM dando blitz em PM. A medida foi anunciada ontem pelo novo comandante-geral da PM, coronel Erir Costa Filho, que tem carta branca do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, para dar um choque de ordem na Polícia Militar. A Corregedoria da PM vai dar incertas nas ruas para ver como estão se comportando os policiais. O melhor de tudo é que o coronel Costa Filho — um oficial com ficha-limpa, do tipo Omo total — promete que agora o controle será de cima pra baixo.
Ttudo indica que acabou a era de compadrio na PM — que foi estimulada pelo ex-comandante, coronel Mário Sérgio, a ponto de ter mantido na cúpula um tenente-coronel acusado de ser o mentor do assassinato da juíza Patrícia Acioli. O relatório do inquérito da Divisão de Homicídios sobre o crime, concluído ontem, diz com todas as letras que o tenente-coronel Cláudio — que, segundo depoimento de réus confessos do crime, estimulou a eliminação da magistrada — era amigo pessoal do coronel Mário Sérgio. A amizade custou a exoneração do coronel Mário Sérgio e uma mancha em sua até então impecável carreira policial. Até agora o coronel Mário Sérgio não se pronunciou adequadamente sobre a denúncia feita por um promotor, de que o oficial da PM transferiu dois policiais que faziam a escolta da juíza, colaborando com a quadrilha do coronel Cláudio, infiltrada no 7°BPM.
Como este blog revelou esta semana agora a Secretaria de Segurança e a PM vai exigir ficha-limpa dos comandantes. Devia ter sido assim desde o início, mas não podemos esquecer que a PM nasceu como a polícia de D. João VI, para servir o rei de Portugal e não o povo brasileiro, como costuma dizer o secretário José Mariano Beltrame. A medida de endurecer a corregedoria não é inédita, mas acho que dessa vez a sociedade deveria colaborar.
Antes que se comece a dizer “vamos esperar para ver se o novo comandante” vai mesmo combater o crime dentro de sua corporação, conclamo a todos os cidadãos de bem a se unirem nessa cruzada. Basta um pouco de coragem, muito cuidado e atenção ao que se vê nas ruas, se ouve de colegas e parentes e se sabe nos bastidores. Vamos ajudar a limpar a PM dos malfeitores e facínoras. Polícia não é lugar de bandido. A ideia é simples e faz parte de um movimento que vem crescendo na luta contra a corrupção no país. Só que diferentemente da mobilização que está nas ruas, a luta contra os desvios de conduta na PM precisa que o cidadão de bem haja na surdina. Seja empregando o Disque-Denúncia (2253-1177), que recebe muita informação útil de crimes dentro das polícias. Seja entrando em contato diretamente com a Corregedoria da PM.
Segue uma lista de situações que podem resultar em denúncias contra policiais militares (depois faremos a mesma campanha para a Polícia Civil e a Polícia Federal).
1) Aprenda a memorizar nomes dos PMs exibidos nos uniformes, assim como números dos carros e as unidades a que pertencem.
2) Preste bastante atenção aos locais dos delitos ou má conduta dos policiais porque isso será determinante para saber em que unidade eles são lotados.
3) Repare na atuação suspeita de policiais que fazem blitzes clandestinas. Eles podem estar cobrando propinas de motoristas e motociclistas em situação irregular.
4) Esteja atento a policiais em carros circulando em locais onde há pontos de jogo de bicho e os contraventores não são incomodados. É bem provável que aquela equipe receba propina para liberar o funcionamento do jogo.
5) Atenção à presença de policiais militares em bares onde há grande concentração de maquinhas de caça-níqueis. É possível que esse agente esteja à serviço de máfias de caça-níqueis.
6) Observe a atuação de PMs em terminais rodoviários e pontos clandestinos de vans e transporte alternativo pirata. Eles podem ser os donos do negócio ilegal.
7) Não faça vista grossa para policiais dormindo ou namorando em serviço. Eles são pagos (ainda que mal pagos) para ficar atentos à movimentação de todas as pessoas. Um descuido deles pode ser fatal.
8) Não compactue em hipótese alguma com irregularidades praticadas por policiais, mas nunca sinalize que você vai denunciar alguma coisa para ninguém. Um policial que age com violência contra algum suspeito pode ganhar carta branca para agir assim com todos, inclusive os que não são suspeitos de nada.
9) Se você observou algum sinal exterior de riqueza de policial (moradia, carros, barcos, joias, relógios caros incompatíveis com o nível salarial dele), comunique o caso à Corregedoria mantendo sempre seu anonimato. Por questão de segurança, use sempre telefone público longe de sua casa ou trabalho e envie emails somente de lan-houses onde não tenha sido identificado. O segredo do sucesso da boa denúncia é o anonimato. Devemos confiar na polícia mas sempre com todo cuidado.
10) Não compactue jamais com a corrupção policial em hipótese alguma.
Seria óbvio eu dizer que os policiais honestos deveriam ser os primeiros a constatar isso, mas o comodismo e o medo é grande até mesmo dentro da Polícia Militar.
ANOTE OS TELEFONES DA CORREGEDORIA INTERNA DA POLÍCIA MILITAR DO RIO
Corregedoria da Polícia Militar
Rua Oliveira Botelho nº 1677 – S. Gonçalo – CEP 24.425-000
Tel.: (21) 2725-9159 / 2725-9094 (2ª à 6ª de 09:00 às 17:00 horas)
Centrais de Atendimento
Zona Norte – Rua Santa Fé, 26 – Méier – Tel.: (21) 2332-2341 (24 horas)
Zona Oeste – Rua Marechal Fontenelle, 2906 – Sulacap – Tel.: (21) 2333-6007 (24 horas)
Baixada – Rua Moçambique, 18 – Nova Iguaçu – Tel.: (21) 3101-9319 (24 horas)
Interior – Rua Feliciano Sodré, 190 – Niterói – Tel.: (21) 2717-6798 (24 horas)”

Um comentário:

João Marcos Bomfim disse...

Olá!

Parabéns pelo belo trabalho apresentado aqui no blog. Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

http://conexaocomomundo.blogspot.com

Te espero lá!

Graça, alegria e paz
Sem. João Marcos Bomfim

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...